Trabalhando com Cores

Trabalhando com cores no Photoshop

O photoshop tem vários esquemas de cores para trabalhar, sendo que você pode alternar entre eles, tanto pela necessidade como até mesmo para obter alguns efeitos diferentes.

Imagem Preto e Branco

Bitmap (ou preto e branco)

O esquema de cores bitmap, como já disse acima, permite deixar uma imagem em preto e branco. Em algumas fotos, é possível até mesmo ter certas nuances. Mas bem explicado: essas nuances são na verdade uma simulação, alternando os valores de preto e branco, para simular alguns tons mais claros.

Geralmente esse tipo de imagem é utilizada mais quando você precisa simular um efeito de desenho ou precisa trabalhar com apenas 1 ou 2 cores no impresso.

Dica: você não consegue converter de outros formatos direto para Bitmap, primeiro você precisa converter para Grayscale para depois converter para Bitmap.

Imagem Grayscale

Grayscale (ou tons de cinza)

O esquema Grayscale é quase que 100% o esquema de cores que as pessoas buscam, quando dizem “a imagem é preto e branco”. Acontece que o Grayscale é diferente do Bitmap justamente por trabalhar com porcentagem de preto, que variam de 0 a 255.

Com isso, você consegue ter uma imagem bonita, com qualidade e sem perder detalhes, embora ela seja preto e branco. Esse esquema, funciona da mesma forma que o Bitmap e também permite que você “pinte” a imagem com outras cores, caso precise trabalhar com cores especiais:

Imagem em Paleta de Cores

Indexed Color (ou Paleta de Cores)

Esse esquema de cores é usando quando você trabalha com arquivos GIF. Nesse formato, o photoshop vai criar uma paleta de 256 cores específica para cada imagem, de forma que essa paleta consiga representar as cores presentes na imagem.

Devido a isso, você pode ter imagens que fiquem boas e imagens que fiquem péssimas.

Imagem em RGB

RGB (ou Red, Green e Blue ou Vermelho, Verde e Azul)

O esquema RGB é muito utilizado na área fotográfica e na web. Baseia-se em luz e não em tinta, de forma que o branco é a soma de Vermelho, Verde e Azul enquanto que o preto é a ausência dessas cores.

Os valores vão de 0 a 255, de forma que o 0 é a ausência daquele espectro de luz, enquanto que o 255 é a totalidade. Dessa forma, por exemplo, você tem:

– Vermelho: R:255 G:0 B:0
– Verde: R:0 G:255 B:0
– Azul: R:0 G:0 B:255

E combinando essas cores entre si, temos:

– Amarelo: R:255 G:255 B:0
– Magenta: R:255 G:0 B:255
– Cian: R:0 G:255 B:255

O esquema de cores RGB possui um grande espectro de cores, de forma que você consegue ver fotos perfeitas. O problema no entanto está quando você vai revelar essas fotos, geralmente perdendo muito do encanto e brilho das fotos.

Cor CMYK

CMYK (ou Cyan, Magenta, Yellow e Black ou Cian, Magenta, Amarelo e Preto)

Esse esquema de cores é o correto para ser utilizado em impressões. Diferente do RGB que é baseado em cores, o CMYK é baseado em tinta e seus valores vão de 0 a 100.
O espectro de cores do CMYK é bem menor que o do RGB, de forma que ele não consegue representar todas as cores do RGB, por isso que algumas cores não conseguem ser representadas.
Como última observação, gostaria de falar a respeito do Preto: na teoria, a soma das cores Cian, Magenta e Amarelo deveria dar Preto, mas o que obtemos é um “preto” meio acinzentado. Então por conta disso temos a necessidade do Preto mesmo.

Cor Lab

Lab (ou Luminosidade, A e B)

Esse esquema de cores trabalha com Luminosidade (indo do claro ao escuro) e dois valores, as coordenadas A e B.
O Lab foi desenvolvido em cima da teoria de cores opostas. Essa teoria diz que as cores não podem ser vermelhas e verdes ao mesmo tempo, ou amarelas e azuis ao mesmo tempo.

Assim, o valor A trabalha com as coordenadas de vermelho e Verde, enquando o B trabalha com as coordenadas de amarelo e azul.
Se você ficou confuso, não se preocupe, esse não é um esquema muito utilizado, a não ser em 2 ocasiões bem específicas:

1) Quando você precisa clarear uma imagem, sem perder os detalhes das cores. Ex: uma imagem está escura e você precisa clarear, mas não está conseguindo um bom resultado trabalhando em cima do RGB/CMYK

2) Quando você não está conseguindo um bom resultado convertendo a imagem para Tons de Cinza: o Lab sempre irá fornecer um a imagem em tons de cinza perfeita

Próximos passos:

Além desses, existem dois outros esquema de cores: o Duotone e Multichanal, mas vou falar deles em outro post. 🙂

Comentários:

Esse post ainda não possui comentários. Seja o primeiro a comentar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também:

Curso de HTML Grátis – 4

Curso de HTML Grátis – 4

Data: 23 de maio de 2018

Continuando nosso Curso de HTML Grátis – 4, vamos aprender mais algumas tags que você vai precisar para desenvolver um website. E vamos entrar um pouco também na questão de SEO (Search Engine Optimization), que é a otimização para os motores de busca, ou seja: melhorar seu site para aparecer melhor nos motores de busca....